Tião Carreiro
Home Tião Carreiro Cadastro Anucie Imprensa Contato
 
Menu
Anuncie
Cadastro
Cifras de Viola
Colaboradores
Contato
Cultura Caipira
Destaque
Discografia
Eventos / Projetos
Filme
Fotos Diversas
Homenagens
Imprensa
Letras
Links
Parceiros
Shopping
Tião Carreiro
Notícias

Eventos
Tião Carreiro e Seus Parceiros


Tião Carreiro e Pardinho

Tião Carreiro e PardinhoTião Carreiro conheceu Pardinho no circo rapa rapa em Pirajuí/SP quando ainda Tião tinha o nome de Zé Mineiro , foi lá que eles cantaram pela primeira vez, isso em 1954.

Em 1956, resolveram tentar a sorte em São Paulo onde conheceram Teddy Vieira que ouvindo a dupla, batizou José Dias Nunes de Tião Carreiro e este (Tião Carreiro) apelidou Antonio Henrique de (Pardinho), por causa da música do Ferreirinha que falava da Cidade de Pardinho.

Em novembro de 1956 já gravaram o primeiro disco com a música Cavaleiro do Bom Jesus autoria de João Alves, Nhô Silva e Teddy Vieira e Boiadeiro Punho de Aço de Teddy Vieira e Pereira.

A dupla Tião Carreiro e Pardinho, foi a mais constante, deu uma nova dimensão a música sertaneja, sendo considerados artistas de primeira linha no gênero sertanejo. Encenaram também duas peças teatrais, "O Mineiro e o Italiano" um melodrama baseado na música e "Pai João" o drama de um velho carreiro, e gravaram o filme "Sertão em Festa", ambos com grande sucesso



Tião Carreiro e Carreirinho

Tião Carreiro e CarreirinhoA dupla Tião Carreiro e Carreirinho formou-se em 1958, agradando muito os fãs e gravaram 09 discos de 78 rpm e ainda um LP: "Meu Carro é Minha Viola" permanecendo juntos por dois anos. Fizeram também em 1958 um excursão com Shows na região de Brasília.

Carreirinho que era compadre de Tião, batizou a única filha do casal (Alex Marli)



Tião Carreiro e Paraíso

 Tião Carreiro e ParaísoA história da dupla Tião Carreiro e Paraíso, teve início em 1978 quando participavam isoladamente do Festival de Música Sertaneja em Piracicaba, São Paulo.

Em um dos intervalos, Tião Carreiro devaneava com seu violão algumas músicas de seu repertório: Paraíso que ali se encontrava como empresário de shows e como amante da boa música sertaneja ouvindo Tião, "arriscou" um dueto na conhecida valsa "Saudade". A surpresa foi quando o pessoal da TV Cultura, que ouvia a dupla, apresentou uma fita gravada com a "brincadeira" de Tião Carreiro e Paraíso... a dupla estava formada, era perfeita, um casual encontro que se fixava para o encantamento de todos que gostam da verdadeira música sertaneja.

Paraíso já havia cantado com o nome de Smith e Timóteo. O moço foi rebatizado artisticamente, recebendo o nome de Paraíso, o que facilitou pela rima a criação de um slogan para a nova dupla: "A Dupla Sorriso." (Revista Moda e Viola - Ano II - nº 12, 1.979 - pág.06) Paraíso como bom compositor, possue várias composições gravadas.

A dupla gravou 4 LPs, tendo ótima aceitação do público na época.



Tião Carreiro e Praiano

Tião Carreiro e PraianoEsta dupla foi a que teve menos tempo de duração, um ano aproximadamente, gravaram apenas um LP - O fogo e a brasa, e em seguida Tião adoeceu e veio a falecer.




Saiba Mais +

Onde Encontrar